Poda de árvores contra os pombos interdita centro de Jaú

Já começo dando uma dica, se precisa vir pro centro nesta quarta-feira (17/07), tenha paciência.

(Tem Coisas que Só Acontecem em Jaú/SP – Do Facebook) – PODA DE ÁRVORES CONTRA OS POMBOS INTERDITA CENTRO DE JAÚ

Já começo dando uma dica, se precisa vir pro centro nesta quarta-feira (17/07), tenha paciência. A Major está interditada a partir da praça da Matriz e a Visconde, na frente da Matriz, também está fechada.

Rua Major Prado Interditada nesta quarta-feira

Está sendo realizado um dos primeiros trabalhos contra os pombos, que dominaram o centro de Jaú, a poda das árvores. Na sequência, serão utilizadas técnicas eletromagnéticas (que não é dar choque nas pombas) para espantá-las, segundo requerimento do vereador Toninho Masson.

Para realizar o serviço, essas ruas citadas acima, estão parcialmente interditadas, o que está gerando trânsito lento no local. A interdição é temporária, então, se você não quer se estressar, evite as ruas centrais de Jaú.

Segundo o Ministério da Saúde do Governo Federal:

Os pombos são aves que vivem com facilidade nas cidades, fazendo seus ninhos em telhados, forros, caixas de ar condicionado, torres de igrejas e marquises. Podem causar prejuízos por danificar as estruturas dos prédios.

Por serem simpáticos e símbolos da paz, algumas pessoas gostam de alimentá-los com restos de comida, pão, pipocas, que são alimentos inadequados e prejudicam a saúde dos animais, além de viciá-los.

Como dificilmente são caçados por outros animais, sua população cresce muito rápido e o aumento de sua quantidade tornou-se um grave problema de saúde, pois, podem causar várias doenças graves que podem levar à morte ou deixar seqüelas, destacando-se:

– salmonelose: doença infecciosa provocada por bactérias. A contaminação ao homem ocorre pela ingestão de alimentos contaminados com fezes dos animais;
– criptococose: doença provocada por fungos que vivem no solo, em frutas secas e cereais e nas árvores; e nos excrementos de aves, principalmente pombos;
– histoplasmose: doença provocada por fungos que se proliferam nas fezes de aves e morcegos. A contaminação ao homem ocorre pela inalação dos esporos (células reprodutoras do fungo);
– ornitose: doença infecciosa provocada por bactérias. A contaminação ao homem ocorre pelo contato com aves portadoras da bactéria ou com seus dejetos;
– meningite: inflamação das membranas que envolvem o encéfalo e a medula espinhal.

Medidas de prevenção e controle:

– retirar ninhos e ovos;
– umedecer as fezes dos pombos com desinfetante antes de varrê-las;
– utilizar luvas e máscara ou pano úmido para cobrir o nariz e a boca ao fazer a limpeza do local onde estão as fezes;
– vedar buracos ou vãos entre paredes, telhados e forros;
– colocar telas em varandas, janelas e caixas de ar condicionado;
– não deixar restos de alimentos que possam servir aos pombos, como ração de cães e gatos;
– utilizar grampos em beirais para evitar que os pombos pousem;
– acondicionar corretamente o lixo em recipientes fechados;
– nunca alimentar os pombos.

Compartilhe:

Jauclick

Jauclick

Postagens assinadas como Jauclick fazem parte de conteúdos publicados pela nossa redação

Últimas notícias

publicidade

Seu site merece estar no topo!

Desenvolvemos sites com tecnologia preparada para integrar com as melhores ferramentas.

Agenda Jauclick

XV de Jaú

Clique aqui e confira tudo sobre o Galo da Comarca.

PUBLICIDADE - SOCIAL

Fortaleça a mensagem da prevenção!

Conheça as campanhas de prevenção trabalhadas no Hospital Amaral Carvalho e acesse e compartilhe os materiais para ajudar a levar a informação para mais pessoas.

Conteúdos em destaque

João Paulo Fernandes garante vaga nos Jogos Abertos

Atleta João Paulo Fernandes garante vaga nos Jogos Abertos

Informe da Prefeitura fala sobre a classificação do atleta jauense João Paulo Fernandes para o torneio estadual... (leia mais)
Bolinha de Gude e Três Marias de Ricardo Rodrigues

Quinta (06) no Cine Municipal exibição Bolinha de Gude e Três Marias de Ricardo Rodrigues

As obras abordam temas de inclusão, amizade e superação. Entrada Gratuita!... (leia mais)
Pintou um clima

Pintou um clima

A necessidade de cidades resilientes e a responsabilidade compartilhada na adaptação a um novo normal climático... (leia mais)