O melhor de Jaú e região em um só lugar! Desde 1999

Categoria: , ,

Ivan Cassaro pede ajuda à população em coletiva

Fiscalização insuficiente leva prefeito a pedir ajuda da população para não ter de fechar tudo em Jaú
Paulo César Grange

Paulo César Grange

Paulo César Grange, o PC, é jornalista e editor responsável do JAUMAIS
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

‘… Devido ao aumento que teve de casos não é suficiente. Não posso contratar gente de uma hora para outra… a polícia está convocada, está nos ajudando e vai ajudar mais ainda’

O prefeito Ivan Cassaro foi a “estrela “ da entrevista coletiva que deveria ter sido realizada na segunda-feira pela Santa Casa de Jahu e acabou transferindo a pedidos para o Salão Nobre da Prefeitura. Nesta terça-feira, ele, o secretário de Saúde, o provedor do hospital referência no tratamento de covid e outras autoridades fizeram um apelo à população para que evitem se aglomerar e a infectar o próximo com coronavírus.

No discurso do prefeito, ele disse que se espantou com a aglomeração de pessoas no domingo quando deu uma circulada pela cidade – só lembrando que o parque do Rio Jahu e o kartódromo foram liberados após meses de interdição pelo atual prefeito. Diante do que Cassaro viu e com números em mãos do aumento da pandemia na cidade, crescimento exagerado de casos positivos e de mortes, ele conta com a conscientização do cidadão.

Favor

“Vou pedir um favor para a população que nos ajude no combate. De coração, para que nos ajude. Não temos fiscalização suficiente para fiscalizar 150 mil habitantes. Então, que cada um cuide do próximo também. É lamentável. A gente pede, a gente vai ter fiscalização, mas a gente não é suficiente para conduzir de uma forma que teria de conduzir. Montamos o comitê de combate com pessoas envolvidas. Os casos estão aumentando e preciso da ajuda da população, para que amanhã ou depois vocês não venham dizer que o prefeito é culpado, é isso ou aquilo…”

Após admitir que a Prefeitura não tem como fiscalizar 150 mil habitantes, ele disse que o governo municipal vai seguir o governo estadual e as regras do Plano São Paulo. Jaú estava no dia 8 de janeiro na fase Amarela, como também Bauru, mas diante da piora no cenário, os números atuais são de fase vermelha. “Vamos seguir o Plano São Paulo. Se tiver de fazer alguma exceção, mas fazer de acordo com a lei. Se nossa cidade cooperar e não for para a vermelha ou passar para a fase laranja, não tem como segurar a pessoa em casa. Agora se subir isso vai ter de ficar em casa.”

Polícia ajuda

Nas postagens de festinhas clandestinas, bares lotados, aglomeração em áreas públicas e outras formas de transmissão do Coronavírus, o que a população pede é “fiscalização”. Questionado se não tem como fiscalizar direito, o prefeito respondeu que “estamos fiscalizando com o que temos nas mãos. Devido ao aumento que teve de casos não é suficiente. Não posso contratar gente de uma hora para outra… a polícia está convocada, está nos ajudando e vai ajudar mais ainda.”

O secretário de Saúde de Jaú, Rodrigo De Callis Brandão, disse depois que será utilizada a lei da Atividade Delegada, que permite ao Município contratar policiais de folga para trabalhar em nome da Prefeitura e reforçar a fiscalização – “Não é para coibir, mas para orientar a população e se for o caso, medidas punitivas, que a gente acredita não seja o ideal, mas se precisar vai ser feito.”

Após a coletiva teve reunião entre secretários municipais e o comando da Polícia Militar para deliberar sobre o grupo criado pelo prefeito para enfrentamento da covid na cidade.

O encontro, realizado no gabinete, contou com a presença do Prefeito, Ivan Cassaro, do vice-prefeito, Tuco Bauab, e do Secretário de Saúde, Rodrigo De Callis Brandão. Representaram o hospital os médicos Dr. Christiano de Luca Nassif (responsável pelo Pronto-Socorro) e Dr. Carlos Alexandre Aguiar Moreira (Diretor Técnico), além da Gerente Administrativa, Scila Carretero, e do Provedor da instituição, Alcides Bernardi Júnior.

EM DESTAQUE