Ivan Cassaro pede ajuda à população em coletiva

Fiscalização insuficiente leva prefeito a pedir ajuda da população para não ter de fechar tudo em Jaú

‘… Devido ao aumento que teve de casos não é suficiente. Não posso contratar gente de uma hora para outra… a polícia está convocada, está nos ajudando e vai ajudar mais ainda’

O prefeito Ivan Cassaro foi a “estrela “ da entrevista coletiva que deveria ter sido realizada na segunda-feira pela Santa Casa de Jahu e acabou transferindo a pedidos para o Salão Nobre da Prefeitura. Nesta terça-feira, ele, o secretário de Saúde, o provedor do hospital referência no tratamento de covid e outras autoridades fizeram um apelo à população para que evitem se aglomerar e a infectar o próximo com coronavírus.

No discurso do prefeito, ele disse que se espantou com a aglomeração de pessoas no domingo quando deu uma circulada pela cidade – só lembrando que o parque do Rio Jahu e o kartódromo foram liberados após meses de interdição pelo atual prefeito. Diante do que Cassaro viu e com números em mãos do aumento da pandemia na cidade, crescimento exagerado de casos positivos e de mortes, ele conta com a conscientização do cidadão.

Favor

“Vou pedir um favor para a população que nos ajude no combate. De coração, para que nos ajude. Não temos fiscalização suficiente para fiscalizar 150 mil habitantes. Então, que cada um cuide do próximo também. É lamentável. A gente pede, a gente vai ter fiscalização, mas a gente não é suficiente para conduzir de uma forma que teria de conduzir. Montamos o comitê de combate com pessoas envolvidas. Os casos estão aumentando e preciso da ajuda da população, para que amanhã ou depois vocês não venham dizer que o prefeito é culpado, é isso ou aquilo…”

Após admitir que a Prefeitura não tem como fiscalizar 150 mil habitantes, ele disse que o governo municipal vai seguir o governo estadual e as regras do Plano São Paulo. Jaú estava no dia 8 de janeiro na fase Amarela, como também Bauru, mas diante da piora no cenário, os números atuais são de fase vermelha. “Vamos seguir o Plano São Paulo. Se tiver de fazer alguma exceção, mas fazer de acordo com a lei. Se nossa cidade cooperar e não for para a vermelha ou passar para a fase laranja, não tem como segurar a pessoa em casa. Agora se subir isso vai ter de ficar em casa.”

Polícia ajuda

Nas postagens de festinhas clandestinas, bares lotados, aglomeração em áreas públicas e outras formas de transmissão do Coronavírus, o que a população pede é “fiscalização”. Questionado se não tem como fiscalizar direito, o prefeito respondeu que “estamos fiscalizando com o que temos nas mãos. Devido ao aumento que teve de casos não é suficiente. Não posso contratar gente de uma hora para outra… a polícia está convocada, está nos ajudando e vai ajudar mais ainda.”

O secretário de Saúde de Jaú, Rodrigo De Callis Brandão, disse depois que será utilizada a lei da Atividade Delegada, que permite ao Município contratar policiais de folga para trabalhar em nome da Prefeitura e reforçar a fiscalização – “Não é para coibir, mas para orientar a população e se for o caso, medidas punitivas, que a gente acredita não seja o ideal, mas se precisar vai ser feito.”

Após a coletiva teve reunião entre secretários municipais e o comando da Polícia Militar para deliberar sobre o grupo criado pelo prefeito para enfrentamento da covid na cidade.

O encontro, realizado no gabinete, contou com a presença do Prefeito, Ivan Cassaro, do vice-prefeito, Tuco Bauab, e do Secretário de Saúde, Rodrigo De Callis Brandão. Representaram o hospital os médicos Dr. Christiano de Luca Nassif (responsável pelo Pronto-Socorro) e Dr. Carlos Alexandre Aguiar Moreira (Diretor Técnico), além da Gerente Administrativa, Scila Carretero, e do Provedor da instituição, Alcides Bernardi Júnior.

Compartilhe com a geral:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

responde, jaú!

O que está achando do governo Ivan Cassaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

ANÚNCIOS LP NET

acervo câmera jauclick

EM DESTAQUE

O jauense Guilherme Fonseca, o GuiFera conquista, pelo Santos, seu tricampeonato. Lenda jauense do PES
Hospital Amaral Carvalho lança campanha do "Dezembro Laranja", com informativo com tudo sobre o Câncer de Pele.
Edital da benfeitoria em parceria da Caçambaria e Curso de Agroecologia da ETEC será colocado em prática mediante doações feitas até 20 de dezembro