O melhor de Jaú e região em um só lugar! Desde 1999

Jaú terá um “quase lockdown” aos domingos. Dia de semanas sofrem mudanças

Até mesmo os supermercados deverão permanecer fechados aos domingo. Medida foi tomada nesta sexta-feira (05)
César Mantovanelli

César Mantovanelli

Publicitário, XVano e Palmeirense, escreve periodicamente para o Jauclick.com
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

O prefeito Ivan Cassaro publicou o Decreto n°7.939, de 05 de Fevereiro de 2021, restringindo horário de atendimento nos mercados e dando uma segurada na venda de bebidas alcóolicas no período noturno e durante todo o domingo.

Comércio e restaurantes ficam fechados, somente atendendo por Delivery e Drive-Thru.

Abaixo, replicamos o que o TEM COISAS publicou logo após o anúncio da prefeitura:

SEGUNDA A SÁBADO
Serviços essenciais, estabelecimentos comerciais delivery/drive-thru e supermercados, só poderão funcionar das 6h às 19h.

• Mercados das 6h às 8h apenas para idosos;
• Após às 19h podem funcionar apenas as Farmácias e Postos de Combustíveis;
• Após às 19h, Bares, Restaurantes, Lanchonetes e Similares poderão funcionar apenas Delivery até às 22h;
• Após às 19h fica proibida a venda de bebidas alcoólicas.

DOMINGO
Todo comércio, inclusive supermercados, deverão permanecer fechados para atendimento presencial.
• Podem funcionar apenas as Farmácias e Postos de Combustíveis;
• Supermercados, Bares, restaurantes, lanchonetes e similares poderão funcionar apenas Delivery das 9h às 18h;
• Proibida a venda de bebidas alcoólicas durante todo o dia.

ACADEMIAS
Poderão funcionar apenas para atendimento a clientes que possuem recomendação médica.

IGREJAS

Estão suspensas atividades com presença de público. Apenas virtual.

CASSARO PEDIU VACINAS

Jaú tem batido recordes atrás de recordes em número de mortes na pandemia durante os últimos 15 dias, estando entre as 5 cidades do Brasil que mais oficializou mortes pelo COVID-19.

Os números fizeram com que o prefeito de Jaú, Ivan Cassaro, fizesse um pedido por vacinas na cidade ao presidente da república e ao governador do estado, visando a tentativa do combate às mortes que estão muito acima da média do restante do país.

As medidas valem até o próximo anúncio do Governo do Estado, do Plano São Paulo.

EM DESTAQUE