Lista de vacinados: Jaú descumpre lei há 15 dias

Transparência na campanha não tem previsão para ser iniciada
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

A lei que obriga a Prefeitura de Jaú a divulgar uma lista detalhada das pessoas vacinadas contra a Covid-19 foi publicada no Jornal Oficial e está em vigor há duas semanas, mas ainda não foi cumprida. De acordo com o executivo, não há sequer uma previsão para que a exigência comece a ser atendida, o que descumpre imposição legal.

O projeto, elaborado pelo vereador José Carlos Borgo, foi aprovado por unanimidade, mas não recebeu sanção do prefeito Ivan Cassaro. O prazo burocrático foi ultrapassado e o documento voltou à Câmara para promulgação, que foi efetuada pelo presidente João Brandão do Amaral em 22 de abril.

O texto prevê a divulgação de uma lista formal no site da Prefeitura imediatamente após a promulgação. A Prefeitura informa que a publicação será efetuada assim que as informações forem fornecidas pela secretaria municipal da Saúde, mas ninguém sabe informar quando isso vai ocorrer.

A lista deve apresentar nome completo do vacinado, número do CPF (com ocultação dos cinco primeiros dígitos, para não expor dados pessoais), data e indicação da fase do Plano de Vacinação em que a dose foi aplicada, além de informações como o exercício profissional, já que profissionais da saúde, por exemplo, tiveram prioridade.

Nas últimas sessões legislativas, vereadores destacaram a dificuldade em obter esses dados, já que houve solicitação por meio de requerimento, mas sem resposta efetiva. Anteriormente, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) também já havia recomendado a divulgação.

ANÚNCIOS SUMUP CONSULTOR PETERSON