Quem tem entre 55 e 59 anos e professores 46+ só vai se vacinar em julho.

No mês de junho, o Governo de São Paulo vai concluir a vacinação de todas as pessoas com comorbidades.
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

O Governador João Doria jogou um “balde de água fria” no grupo de pessoas com idade entre 55 e 59. Enquanto todos esperavam ser vacinados contra covid 19 logo após do grupo de 60+, que começou há 15 dias, ele vai ter de esperar até julho para receber a dose contra o coronavírus. Só daqui a a mais de 40 dias. Jaú costuma seguir o que o governador manda, portanto, não adianta esperar nada antecipado na cidade.

Doria projetou para julho o início da vacinação contra a COVID-19 das pessoas de 55 a 59 anos e dos profissionais da educação de 18 a 46 anos, para a retomada das atividades presenciais em sala de aula no segundo semestre. Para isso, o Estado de São Paulo dependerá da efetividade do envio de quantitativos de vacina pelo Ministério da Saúde.



De 1 a 20 de julho, o Governo do Estado pretende vacinar pessoas de 55 a 59 anos, e de 21 a 31 de julho, imunizar os profissionais da educação de 18 a 46 anos, com 1,7 milhão de pessoas estimadas desse público em todo o Estado.

No mês de junho, o Governo de São Paulo vai concluir a vacinação de todas as pessoas com comorbidades e com deficiência entre 18 e 59 anos de idade. O calendário com a data de início de vacinação para cada grupo desta faixa etária será divulgado nos próximos dias, levando em consideração as entregas de vacinas do Ministério da Saúde.

A Coordenadora Geral do Plano Estadual de Imunização, Regiane de Paula, ressaltou que a Secretaria de Estado da Saúde aguarda a sinalização do Ministério da Saúde para vacinar todas as gestantes sem comorbidades no Estado de São Paulo.

Fique de olho no cronograma de vacinação do estado de São Paulo:

• Pessoas acima de 60 anos e profissionais da saúde, educação e segurança: em andamento.
• Síndrome de Down, pacientes em diálise e transplantados imunossuprimidos (18 a 59 anos): desde 10 de maio.
• Pessoas com deficiência permanente que recebem BPC (50 a 59 anos): em andamento.
• Metroviários e ferroviários: desde 11 de maio.
• Pessoas com comorbidades previstas pelo Ministério da Saúde (50 a 59 anos): em andamento.
• Grávidas e puérperas com comorbidades (acima de 18 anos): desde 17 de maio.
• Motoristas e cobradores de ônibus: desde 18 de maio
• Pessoas com deficiência permanente que recebem BPC (45 a 49 anos): a partir de 21 de maio.
• Pessoas com comorbidades previstas pelo Ministério da Saúde (45 a 49 anos): a partir de 21 de maio.
• Pessoas com deficiência permanente que recebem BPC (40 a 44 anos): a partir de 28 de maio.
• Pessoas com comorbidades previstas pelo Ministério da Saúde (40 a 44 anos): a partir de 28 de maio.

ANÚNCIOS SUMUP CONSULTOR PETERSON