Pacientes da Pediatria do Hospital Amaral Carvalho visitam hípica de Jaú

Passeio integra programação da Instituição na campanha Setembro Dourado, de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil

(Assessoria HAC) – Crianças e adolescentes em tratamento de câncer na Pediatria do Hospital Amaral Carvalho (HAC) terão um passeio especial na próxima terça-feira (21 de setembro). Os pacientes e seus acompanhantes vão passar uma manhã diferente na Sociedade Hípica de Jahu, atividade que integra a programação alusiva ao mês de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil, o Setembro Dourado.

De acordo com a médica responsável pela Pediatria do HAC, Larissa Polis Moreira, momentos de distração são benéficos para as crianças e até aos seus familiares. “Será uma oportunidade de se conectarem com a natureza, terem contato com os cavalos e com uma rotina diferente do que estão acostumados. Esse tipo de ação faz com que esqueçam do tratamento, pelo menos por algumas horas, e deixem seu lado sadio e lúdico vir à tona”, comenta.

Para recarregar as energias positivas, os pequenos guerreiros receberão toda atenção dos funcionários da Sociedade Hípica de Jahu, que estão preparando demonstrações com os cavalos e um piquenique para os visitantes. “Quem quiser e tiver condições, poderá, inclusive, cavalgar com orientação dos profissionais de lá”, conta a médica.

Todas as medidas de precaução contra a COVID-19 e de preservação da segurança dos pacientes serão mantidas. “Além dos responsáveis por cada criança, uma enfermeira da nossa equipe irá acompanhá-los no passeio”, afirma.

Setembro Dourado

O mês de conscientização Setembro Dourado tem o objetivo de orientar sobre os sintomas dos tumores mais comuns nas crianças e adolescentes, para que o diagnóstico seja feito precocemente, garantindo melhores resultados nos tratamentos e aumentando as chances de cura.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a doença é considerada a primeira causa de morte na faixa de zero a 19 anos, no Brasil e são estimados, por ano, oito mil casos novos. Entre os principais tipos estão as leucemias (que afetam os glóbulos brancos), os tumores que atingem o sistema nervoso central e os linfomas.

O câncer infantojuvenil costuma se desenvolver rapidamente, por isso, é importante que os adultos estejam atentos para as alterações que as crianças e adolescentes possam apresentar, sejam físicas ou comportamentais. Os sintomas mais recorrentes são: perda repentina de peso, palidez, falta de energia, alterações de visão, manchas roxas pelo corpo, febre persistente, nódulo ou inchaço incomum, dores abdominais e de cabeça e sudorese noturna. No entanto, muitos desses sintomas são comuns para outras doenças infantis. “É importante que as crianças visitem frequentemente o médico e que o profissional, ao notar esses sinais, suspeite da possibilidade de câncer, para iniciar a investigação. Só faz diagnóstico de câncer quem pensa em câncer”, comenta a médica.

Convite à imprensa

Está liberada pela Sociedade Hípica de Jahu a entrada de representantes dos veículos de comunicação da região no local, para cobertura da atividade. Quer ser também um herói nessa história? Participe e nos ajude a divulgar a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil.

Mais informações e confirmação de presença pelo telefone (14) 3602-1216.

Compartilhe com a geral:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

responde, jaú!

O que está achando do governo Ivan Cassaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

ANÚNCIOS LP NET