Jaú deve tentar comprar vacina da Pfizer

Anvisa aprovou pedido de registro definitivo do imunizante
Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Depois de protocolar uma intenção de compra da vacina Sputnik, produzida pela Rússia, a Prefeitura de Jaú deve fazer uma nova investida hoje (23/02) em busca de vacinação em massa: tentar comprar a vacina da Pfizer, que já é usada em locais como os EUA e o Reino Unido, e agora teve o registro definitivo aprovado pela Anvisa no Brasil.

Com entraves burocráticos para fechar a venda de lotes do imunizante ao país, dificilmente o Governo Federal entrará em acordo com o laboratório no curto prazo. A Pfizer exige que o Brasil assuma a responsabilidade por eventuais efeitos colaterais e que seja nomeado um tribunal internacional para resolver qualquer impasse. Essa condição é refutada pelo presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com o vice-prefeito de Jaú, Tuco Bauab, um documento está sendo elaborado pela Prefeitura e deve ser encaminhado ao laboratório ainda nesta terça-feira. Com base em decisão recente do STF, estados e municípios podem efetuar diretamente essa compra, caso o Plano Nacional de Vacinação não proveja cobertura imunológica suficiente. Com escassez de vacinas, apenas 2,83% da população brasileira foi vacinada até agora.

Fonte: DDJ

MAIS LIDAS DA SEMANA

Agenda jauclick

Seu Armando

Tom Brasil

20/05/2022 • 18:00

Armazém São Benedito

Cecéu e Marcos Munhoz

20/05/2022 • 19:00

Divino Boteco

Banda Enseada

20/05/2022 • 20:00

Omega Lounge

Grupo Sinhá

20/05/2022 • 20:00

Santo

Rotor Bon Jovi Acustico

20/05/2022 • 20:00

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ANÚNCIOS LP NET

acervo câmera jauclick

EM DESTAQUE