“Brazuca Jazz Night” retorna a programação musical da cidade

A décima sexta edição acontece esta semana no Jimi´s com o francês Pierre Lewin & Funkazoid
Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Terça, dia 08/02, acontece o 16º  Brazuca Jazz Night. Sempre realizado na Shed Sport bar, as apresentações  de som instrumental  continuam no mesmo endereço, mas agora Jimi´s bar.

O Brazuca  Jazz Night  tem  jazz,  blues, funky-jazz, música Latina e brasileira. Já passaram nas 15 edições músicos das cidades de Jaú, Bauru, São Carlos, Araraquara, Piracicaba, Ribeirão Preto, São Paulo.  O objetivo principal do BJN é fazer um intercâmbio entre os músicos e  fomentar a música instrumental.

E a décima sexta edição tem a presença da banda Funkazoid comandada pelo francês Pierre Lewin. O baixista, Pierre Lewin tem escrito mais de 200 temas, dos quais selecionaram um conjunto que combina com temas mais conhecidos do jazz-funky das últimas décadas.

O Funkazoid tem na sua formação além de Pierre, o tecladista João Cleber Frutuozo, Fabio Lopes na guitarra, Leandro Correia no sax e Fabio Saffi na bateria.

Formação Funkazoid 2018

Saffi é o organizador do Brazuca Jazz Night desde a sua primeira edição lá atrás em 2.018.

“O Brazuca iníciou em dezembro de 2018 na Shed Sport Bar e parou em Março de 2020, quando estourou a Pandemia. Ao todo foram 15 edições.  O BJN vem celebrar a música instrumental  nos mais variados estilos Jazz, Blues, Funky -Jazz,, Música Latina e Música Brasileira  como a bossa nova, samba e baião”  explica Fabio

“No final de cada noite, acontece a Jam Session, mais conhecida como Canja. Onde os músicos presentes sobem pra tocar com os outros músicos. fazendo assim uma grande interação. Essa será a 16a edição pós Pandemia e será a 1a vez no Jimi’s Bar” completa Saffi.

Umas das primeiras formações do Brazuca Jazz Night na Shed em 2018

Como dito anteriormente, a atração da 16ª edição do BJN é a banda Funkazoid comandada pelo baixista Pierre Lewin.

Sobre o baixista fazer a gig aqui com a galera do Brasil e da nossa região, Fabio Saffi explica:

“Conheci o Pierre em uma das minhas idas para o Algarve Portugal, onde tenho ido desde de 2015 no verão pra trabalhar como músico. Através da indicação de um amigo músico, dizendo que o Pierre estava precisando de baterista, então foi aonde comecei a tocar com ele.  

O nome Funkazoid, é um projeto antigo criado pelo Pierre, que já passaram músicos de vários países da Europa e inclusive Brasil. Pierre já esteve em turnê pelo Brasil em meados de 2006 s 2008. E agora recentemente conhecendo e tocando com ele em Portugal no verão, despertou a ideia e a vontade de voltar para o Brasil “

Sobre as próximas edições do Brazuca Jazz Night:

“ A idéia é continuar com o projeto Brazuca Jazz Night trazendo músicos de toda região, e até de São Paulo e inclusive, músicos renomados do circuito da música Instrumental. Com isso,  estaremos fomentando a música instrumental, incentivando uma nova geração, contribuindo com a cultura da cidade e do país.   Por isso, é muito importante a participar do público e da ajuda privada atráves dos patrocinadores para que isso continue” 

SERVIÇO:

SHOW – 16º BRAZUCA JAZZ NIGHT – PIERRE LEWIN & FUNKAZOID

DATA – 08/02/2022

HORÁRIO – 20:30H

LOCAL – JIMI´S – Rua Amaral Gurgel, nº 228

COUVERT ARTÍSTICO – R$ 10,00

Acompanhe um breve histórico dos músicos do Funkazoid

PIERRE LEWIN

Músico profissional desde 1974, entrando numa banda de Funk em Londres como baixista. Participa depois em bandas de estilos variados: Jazz, Salsa, World Music e muito Funky! A big band de Salsa com 14 músicos atua de Genebra a Barcelona. Forma depois a banda ‘‘Voa Bongosso’’ que também anda em tournés, tocando nas salas de mais destaque na Alemanha, no sul da França e em Portugal.

Além de instrumentista, trabalha como compositor e produtor, com o artista inglés Robin Scott, criador para o Channel 4 da BBC, e com o DJ Simon Ralph. De 1998 até 2008 apresenta um show (live act) de Drum ‘n Bass ao vivo na Inglaterra, Portugal, Espanha, Suiça e no Brasil em 2009. Depois de dez anos de experiência intense na música eletrônica voltou para o trabalho com bandas

 JOÃO CLEBER

Pianista, tecladista, produtor e arranjador formado no Conservatório Dramático de Música de Tatuí já atuou em várias cenas do cenário musical nacional e internacional, atuando também em gravações, produções de vários artistas.

Já trabalhou com artistas como Daniel, Alexandre Pires, Elba Ramalho ,Chitãozinho e Xororó, Bruno e Marrone, Zezé di Camargo e Luciano, Hebe Camargo, Wilson Simoninha, Max de Castro, Paulo Calasans, Marco Bosco entre outros. Fazendo turnês internacionais para Europa, EUA, Japão, China onde teve oportunidade de tocar para grandes públicos. Tem também um trabalho com sua banda autoral Soul Mundo e sempre participando de shows musicais diversos com vários artistas

FABIO SAFFI

Músico profissional há 30 anos, tocou em várias bandas e com vários cantores de diferentes estilos: Samba, bossa, blues, jazz, rock, música Latina, pop e outros.

Participou do Festival Del Música em La Paz-Bolívia (música instrumental brasileira). Tocou também em workshops com o pianista norte americano Kelvin Sholar no Brasil. Formado pelo Conservatório musical “Dr. Carlos Campos” Tatui-SP em bateria (Mpb/Jazz). Morou por 3 anos em Boston-USA, onde estudou na Universidade Berklee College of Music. Boston-USA em (bateria/jazz) e na Salem State University, Salem- -USA em (bateria/jazz, grupo de percussão erudita e prática de big band). Participou de gravações nos Cds de vários cantores, tais como: Elvira Nino, Luis Silva e John Fugorino (Boston-USA), Laercio Oliveira (Canção Nova-Brasil), Ozi dos Palmares (Brasil), Migueli (Espanha), Manuela Lopes (Portugal), Morten Halvorsen (Oslo-Noruega) e outros. Experiência profissonal: Brasil, Bolívia, USA, Portugal, Ibiza Espanha e Noruega.  Atualmente ministra aulas de bateria, gravações em estúdios e desenvolve alguns projetos musicais.

LEANDRO CORREIA

Diplomado, desde 2006, no curso de saxofone erudito pelo Conservatório de Tatuí – SP, onde também estudou por 3 anos MPB/Jazz, Leandro Corrêa foi instruído por grandes nomes do saxofone brasileiro como o saxofonista e clarinetista José Teixeira Barbosa (Seu Juca), Luiz Carlos Rodrigues, Marcos R. Pedroso e Erik Heimann Pais com quem veio a se formar. Ao longo da carreira musical, participou de vários workshops com grandes saxofonistas nacionais e internacionais como Dale Underwood (USA), Dilson Florêncio (Bra), Claude Delangle (Fra), Miles Osland (USA), Nailor Azevedo “Proveta” (Bra), e Vinícius Dorin (Bra). Nos anos de 2007 a 2010 participou de vários trabalhos do músico e compositor Pernambucano Ozi Dos Palmares com quem gravou e também participou como arranjador em algumas composições. Atualmente trabalha como saxofonista e arranjador para os grupos aos quais organiza para os eventos.

FABIO LOPES

Iniciou seus estudos de violão erudito aos nove anos.  Aos 18 anos ingressou no Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos, na cidade de Tatuí, como aluno do curso

MPB-JAZZ, instrumento guitarra, vindo a se formar em 1993.

 

Em 1995 iniciou sua graduação na Unicamp (Universidade de Campinas), conseguindo no ano de 2000 o título de Bacharel em música popular. De 2005 a 2011 foi diretor musical da Secretaria de Cultura de Jaú, onde desenvolveu inúmeros projetos ligados a música por toda a cidade. De 2011 a 2014 foi professor de guitarra e outras disciplinas teóricas na USC (Universidade do sagrado coração) da cidade de Bauru.

Atualmente é professor do Projeto Guri e arranjador e diretor artístico da Da Silva Samba Orchestra.

MAIS LIDAS DA SEMANA

Agenda jauclick

Estádio Lanchão, Franca/SP

Francana x XV de Jaú

29/05/2022 • 10:00

Cravo e Canela

Deixa Rolar

29/05/2022 • 19:00

Praça da Matriz

Slam da Massa

29/05/2022 • 19:00

Jimi's

Indecentes Rock and Roll

29/05/2022 • 21:30

Estádio Zezinho Magalhães

XV de Jaú x Batatais

03/06/2022 • 19:00

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ANÚNCIOS LP NET

acervo câmera jauclick

EM DESTAQUE