O Curta jauense  “Vicente – Olhar -Jaú para o Mundo” com direção e roteiro de Ricardo Rodrigues  foi selecionado para o festival Cine Pojichá

Filme conta a trajetória do fotógrafo jauense, curador de 53 Salões de Fotografia Jauense, Vicente tem mais de 1.500 fotos expostas no mundo e 400 registros históricos antológicos de Jaú
Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

O Curta jauense  “Vicente – Olhar -Jaú para o Mundo” com direção e roteiro de Ricardo Rodrigues  foi selecionado para o festival Cine Pojichá.

O filme conta a história de Vicente João Pedro que foi um artista com 578 prémios nacionais e internacionais como fotografo artístico e documental.

Sua trajetória deixou um legado milhares de fotos, não só para história de Jaú, mas para todo o Brasil, mas também objeto de estudo e formação para profissionais e interessados em fotografia.

“Eu sempre quis fazer  um documentário do Vicente João Pedro. Pessoalmente conversei com ele algumas vezes, uma delas foi por conta do filme Criolando que foi inspirado em suas fotos desse personagem maravilhoso.  Conhecia ele através de suas fotografias. Através dos salões que visitava. Quando me deparava com suas fotos, elas me arrebatavam para o encanto, para magia, tinha o poder de me conduzir não somente pelo processo criativo mas me transportava para a grandiosidade da revelação, da sua paixão, depois da grandeza do artista e do homem que ele era”  revela o diretor Ricardo.

O Festival de Cinema dos Vales do Mucuri e Jequitinhonha, o  Cine Pojichá,  é o festival de cinema anual realizado na cidade de Teófilo Otoni em Minas Gerais. Em 2.022 entra na sua sexta edição.

Ricardo Rodrigues foi premiado no Mapa Cultural Paulista com o curta “os Engraxates”. Ricardo já aprovou mais de 1 milhão em projetos Culturais entre editais e Lei de incentivo.

Destaque na liderança em projetos culturais com crianças e adolescentes de vulnerabilidade social. Realizou mais de 50 projetos na cidade e região. Realizou 20 filmes autorais entre curtas e longas, produziu 12 peças e esquetes teatrais em escolas e entidades sociais.

Confira o documentário no link abaixo:

 

VICENTE

O jauense VICENTE JOÃO PEDRO nasceu em 1.930. Auto-didata, começou a fotografar em 1952 aos 16 anos, com um grupo de amigos fotógrafos e fundou o Foto Club de Jaú em 1956, passou a diretor membro da comissão julgadora do FCJ (Foto Club Jaú).

Ao longo da sua trajetória foi curador de 53 edições do Salão Jauense Internacional de Arte Fotográfica, com patronagem da FIAP (Federação Internacional de Arte Fotográfica) e CONFOTO (Confederação Brasileira de Fotografia), realizador da Bienal Brasileira de Fotografia pelo Foto Clube  em 1.986, fez  parte da Academia Brasileira de Fotografia, cadeira 14.

No ano de 2.001 suas obras foram selecionados para a a coletânea ‘’ Fotógrafos do Milênio’’ realizada pela Federação Espanhola de Fotografia.

Outros feitos do Vicente:

-Aos 87 anos de idade já tinha acumulado 318 prêmios no Brasil e 60 no exterior.

– 1.500 fotografias expostas no Brasil e exterior.

– Contribuiu com o resgate de 400 fotografias históricas da cidade de Jaú, que hoje podem ser vistas em várias redes sociais na internet.

– Fez parte de uma geração que participou de uma profunda mudança estética da arte fotográfica no Brasil. Um homem a frente de seu tempo, apaixonado pelas artes, generoso e sensível. Sua obra e legado servirão de boas práticas para novas gerações.

Municipal de Jaú. Fotografias editadas em jornais e revistas no Brasil e Exterior. Foi tema de estudo em faculdades, possui um acervo com mais de 5000 fotografias históricas de Jaú.

fonte: http://www.fotoclubedojau.com

MAIS LIDAS DA SEMANA

Agenda jauclick

Cravo e Canela

Wesley & Vitor Hugo + Kah Mendes e Banda

28/05/2022 • 20:00

Barban

Japão e Fabrício Flores

28/05/2022 • 20:30

Jimi's

Yellow Stone

28/05/2022 • 21:30

Estádio Lanchão, Franca/SP

Francana x XV de Jaú

29/05/2022 • 10:00

Cravo e Canela

Deixa Rolar

29/05/2022 • 19:00

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ANÚNCIOS LP NET

acervo câmera jauclick

EM DESTAQUE