Região: Bariri cria Casa da Mulher Mariana Forti Bazza

O nome é uma homenagem à universitária que foi estuprada e morta no ano passado

(Diário do Jahu – Aline Campanhã) – A Câmara de Vereadores de Bariri aprovou, por unanimidade, a criação da Casa da Mulher Mariana Forti Bazza. O projeto de lei, autoria do vereador João Luiz Munhoz (PSDB), é uma homenagem à jovem que foi estuprada e assassinada em setembro de 2019. A família revela que consentiu a homenagem, porém, exigiu coerência e qualidade no serviço prestado, para que o nome de Mariana não seja usado de maneira indevida.

A Casa da Mulher, de acordo com o documento, será um centro de referência em atenção à mulher, vinculado à diretoria de saúde da cidade. Segundo Renata Cilli, diretora de saúde de Bariri, o serviço será prestado a partir de janeiro de 2021. O projeto é uma inovação no atendimento humanizado às mulheres.

No mesmo espaço, haverá serviços especializados que atendem os mais diversos tipos de violência contra a mulher: Acolhimento e Triagem; Apoio Psicossocial; Delegacia; Juizado Especializado em Violência Doméstica e Familiar contra as Mulheres; Ministério Público, Defensoria Pública; Serviço de Promoção de Autonomia Econômica e Espaço de Cuidado às Crianças.

Compartilhe com a geral:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

responde, jaú!

O que está achando do governo Ivan Cassaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

ANÚNCIOS SUMUP CONSULTOR PETERSON