E o Rock in Rio? E a Madonna? E o Condor?

Sorinho da Verdade – parte 02
Madonna

Como é sabido, fazemos um tratamento oncológico e no mês de abril estou chegando a 83º sessão. A chance de chegar a 100 sessões é grande! O engraçado disso é que quando tomo minha químio, é como se fosse um sorinho da verdade. Fico meio sincerão.

A última que tomei foi no dia 22 de abril, dia do Descobrimento do Brasil, ou da invasão europeia no Brasil. Como queiram.  E a próxima será no dia 13 de maio, dia abolição da escravatura. Ou da soltura desenfreada dos negros no país sem uma política pública de acolhimento.

Bom, vocês estão vendo que mesmo tomando há 15 dias, alguma dose  no sangue ainda fica…

Segunda parte  do Sorinho da Verdade!

E o Rock in Rio?  

Essa semana me mandaram um print que Chitaõzinho e Xororó tocaria no Rock in Rio.

Eu meio que torci o nariz saca. Nunca impliquei com line-ups de festivais,  mas não sei porque dei uma torcidinha de nariz. Ai vi que o sertanejo fará um parte de um dia repleto de outros artistas brasileiros.

Lançaram o Dia do Brasil e me deu uma sensação que deram sentido para o lance.

Aliás, vi o clipe que fizeram com todos. Respeito, mas confesso que não gostei.

Até na matéria que vi diz  foi uma inspiração no We Are The World. Mas achei muito mais imitação do que inspiração.  Não é a qualidade dos músicos envolvidos nas duas reuniões. Não tem nada a ver com isso. Mas o formato foi muito igual, até os trejeitos dos artistas e por aí vai.

Mas ai vem aquela conversa de novo ne. “Ain, o Rock in Rio não é mais rock”.

A gente, o Rock in Rio de 1985 tinha um monte de coisa pop já. Você pode até  analisar a qualidade do pop de cada geração e analisar que o line-up é pior ou melhor.

Além do sorinho da verdade, eu estou ficando velho e tem hora que a nostalgia, e aquela história da saudade do que ficou  me irrita um pouco.

Mesmo eu só assistindo coisa velha e relatando nostalgias.

“Ain tempo bom”. “Na minha época era melhor”. “Saudade de quando a música era de qualidade”. “Não tem coisa boa nova”.

Eu não posso analisar se os sons antigos eram melhores ou piores. Eu não pesquiso as novas musicas do Brasil e do Mundo.

Mas eu não posso ter a soberba de achar os novos sons uma porcaria simplesmente pelo fato de ser novo em detrimentos aos clássics consagrados.

Aliás eu respiro música todo santo  dia. E desde moleque. É a manifestação artística que mais me identifico. A música para mim é muito importante.

É um elo de amor que se transformou em ganha pão na minha vida.

E os produtos que trabalho realmente são sons antigos.

Mas eu não me incomodo com o sucesso nacional e internacional da Anitta, Ludmilla, Pablo Vittar entre outros.

“Ain lacrador, fazendo tipo”.  Foda-se se você acha isso, mas eu não me incomodo.

Mas para mim é incompreensível você não ter um pouco de orgulho de um artista brasileiro ter sido indicado a um Grammy por exemplo, mesmo não sendo seu gosto musical.

Calma gente, eu ainda amo vocês!

E a Madonna?

Madonna levou 1,6 milhões de pessoas em Copacabana.  O show de aproximadamente 60 milhões foi pago pela iniciativa privada e a expectativa é que tenha gerado para o município do Rio de Janeiro cinco vezes mais o valor do cachê. Dinheiro que ficou nas lojas, restaurantes, hotéis, ambulantes, quiosques, impostos da Cidade Maravilhosa.

Eu não vi o show da Madonna. Mas vi resumos e a repercussão! “Ain Madoona comunistaaaaa”.  Viu, chega aqui.

Vocês acham mesmo que ela está preocupada em fazer pautas políticas que geram descontentamento por parte de  um lado político do Brasil?

Jura que vocês acham que ela quer dar uma lacradinha para irritar vocês? Você  acham mesmo que vocês estão com essa bola toda?

Ou inconscientemente ou totalmente consciente o que incomodam vocês é que uma drag nordestina ou uma funkeira do subúrbio do Rio de Janeiro esteja no mesmo palco que uma das maiores figuras da música mundial?

Ou será que irrita que a “transgressora” da Madonna teve a coragem de adotar 4 meninas negras africanas que moravam em orfanatos da África?

Alías, faça um exercício no google e digitem “ações sociais Madonna” ou “hospital Madonna Malaui” . Mas cuidado para não dar vergonhinha ta.

Notícia de última hora – Madonna, a transgressora parece que doou a quantia de 10 milhões para o Rio Grande do Sul (que golpe para os indignados).

E o Condor ?

Tardiamente lembro que dia 31 de março completou-se 60 anos do Golpe Militar de 1.964.

Quem somos nós para julgar isso ou aquilo. Ou julgar pessoas e atos. Mas eu confesso que tal qual filmes sobre a Segunda Guerra Mundial, produções sobre a Ditadura Militar na América do Sul me pega.

Acabei de ver o documentário Condor que retrata as operações entrelaçadas das ditaduras argentinas, uruguaias, chilenas e brasileiras e me deu vontade de incluir sobre o assunto neste texto junto com os outros.

E de prontidão e pedindo licença para o Cine Denadai, indico outras obras que falam um pouco deste período.

– Argentina 1985

– Cale-se – A Censura Musical

– Condor

– Diário de uma Busca

– La História Oficial

– Massacre do Estádio – A história de Victor Jara

– Narciso em Férias

– O ano que meus pais saíram de férias

– Setenta

– Uma noite de 12 anos

– Zuzu Angel

São filmes muito bons, mas tomem cuidado porque o conteúdo pode ser sensível para alguns.

Tem sequestro de crianças, tortura de mulher grávida, assassinatos a queima roupa, crianças desaparecidas, mães procurando apenas o corpo do filho para fazer o seu enterro, prisões injustificadas e por ai vai.

Mas ai a turma fala “Ain, na ditadura não tinha corrupção”.

A turma não faz nem o raciocínio de que nunca teve corrupção nos 21 anos do militarismo e nos governos democráticos, sem censura, casos de corrupção são descobertos. Porque será?

E se quiserem me chamar de comunista, esquerdista e por ai vai fiquem a vontade.

Porque pra mim a pauta em que se trata de violação de direitos humanos não é pauta  política e sim pauta humana.

Aproveitem e dá uma clicada neste link: CLIQUE AQUI

“Ain é da Uol”

Bom, deixa eu ir fazer um xixizinho para ver se o sorinho da verdade sai de vez!

Wilson, o Moares!

Compartilhe:

Wilson Moraes

Wilson Moraes

Wilson Moraes, o Moraes, escreve periodicamente no Blog do Moraes, agora aqui no Jauclick

Agenda Jauclick

publicidade

Seu site merece estar no topo!

Desenvolvemos sites com tecnologia preparada para integrar com as melhores ferramentas.

PUBLICIDADE - SOCIAL

Fortaleça a mensagem da prevenção!

Conheça as campanhas de prevenção trabalhadas no Hospital Amaral Carvalho e acesse e compartilhe os materiais para ajudar a levar a informação para mais pessoas.

Mais Blogs do Jauclick

bannerjogopraido

Jogo Rápido Escritores com Fabio Grossi e Leticia Ferrarezi

O Blog faz o segundo Jogo Rápido com escritores.  Nesta edição, vamos saber um pouco de Fabio Grossi e Leticia... (leia mais)
Madonna

E o Rock in Rio? E a Madonna? E o Condor?

Sorinho da Verdade – parte 02... (leia mais)
javel12

Blog do Moraes • Pro dia Nascer Feliz na Javel - 22/05/98

Memórias da divulgação dos anos 90! O negócio era RUA! Pro dia Nascer Feliz na Javel... (leia mais)