Cine Denadai

Filmes de Zumbi e críticas aos seres humanos

Descubra como clássicos do cinema zumbi, desde "Zumbi Branco" até "Extermínio", revelam profundas críticas sociais e comportamentais sobre a humanidade: Filmes de Zumbi e críticas aos seres humanos.
Filmes de Zumbi e críticas aos seres humanos

Vamos começar com uma verdade bem verdadeira. Aquela série de zumbi, que não citarei o nome, que no começo parece ótima, tensa e aterrorizante te enganou não é? Mas isso não é culpa dela em sim, mas é culpa de qualquer série que esteja dando audiência.

Parei essa série na quarta temporada onde ao assistir um episódio, percebi que joguei fora 46 minutos da minha, já que nada aconteceu e nada na história foi acrescentado. Desnecessário, já que é assim, vamos falar de filmes de zumbi. Clássicos personagens que são retratados no cinema há quase 100 anos!

Sim, você pode até não saber, mas esses caras estão nas telonas desde 1932, e é por essa indicação que começo. “Zumbi Branco” foi o primeiro filme a tratar o tema, lá em 1932.

E antes da contaminação zumbi ser transmitida por mordidas, ela tinha como agente infeccioso o voodoo. O filme é baseado em um livro que explora essa tradição haitiana de controle das pessoas através de feitiços. E é lá no Haiti que se passa o filme, onde uma casas às vésperas de matrimônio, são hospedados em uma fazenda onde o anfitrião se apaixona pela mocinha do filme e para conquistar seu coração, a única maneira é transformando ela em um zumbi, sendo assim, ele recorre às artimanhas de um feiticeiro/cupido para tal objetivo.

O curioso é que o principal antagonista do filme é o fazendeiro e não os zumbis, até por que, eles mesmos não possuem vida própria. Fazendeiro esse que é interpretado por Bela Lugosi, que além de estar nesse primeiro filme de zumbi, também foi um dos primeiros a dar “vida” ao Conde Drácula nos cinemas, no filme “Drácula” de 1931.

“Zumbi Branco” é uma pérola do cinema de terror que foi recebido com certa desconfiança em seu lançamento, mas acabou ganhando certo reconhecimento com o passar do tempo e com a popularização dos filmes de zumbi.

Disponível em: Acervo Próprio (achou que iria encontrar esse filme na Netfrix, né? Achou errado!)

Os anos foram passando e os zumbis ficaram cada vez mais presentes no cinema e no imaginário popular, o grande responsável por isso foi George Romero, que em 1968 lançava “A Noite dos Mortos Vivos”.

O filme é considerado um dos mais importantes da história, não só do gênero de terror, mas também do cinema e mostra um grupo de pessoas encurralados por zumbis em uma casa no meio do nada.

Em sua época de lançamento, apesar das fortes críticas devida a violência do filme, os EUA passavam por momentos tensos relacionados a Guerra do Vietnã e pelos direitos civis, causando polêmica inclusive por ter um protagonista negro. O que pode parecer irrelevante hoje em dia, mas que nessa década de 1960 era visto quase que como um insulto ver um filme sendo protagonizado por um negro.

Provavelmente, muita gente ficou indignada pelo fato de um negro ser o mocinho do filme, já que, na busca por direitos iguais e fim da segregação, os negros eram vistos como inimigos da pátria!

Em “A Noite dos Mortos Vivos”, já começamos perceber uma direção tomado pelos filmes de zumbi. Como já diz o, aqui os mortos voltam a vida sem explicação e sedentos por carne humana. Clássico!

Disponível em: Shock Video Café, acervo próprio e TeleCine.

Como tudo que faz sucesso é refilmado em Hollywood, obviamente que chegaria um momento que “A Noite dos Mortos Vivos” ganharia a sua.

Mas, ao contrário do que geralmente ocorre, “Madrugada dos Mortos” é ótimo!

Filme de 2004 onde a casa no meio do nada é substituída por um shopping center. Vejam aí mais críticas ao meio de vida americano, dessa vez, ao consumismo! Cinema tem seu papel social, mas não é só isso. Cinema também é entretenimento e é isso o que não falta em “Madrugada dos Mortos”.

Mais uma vez, o começo da pandemia de zumbis não é explicado, mas no início do filme surgem algumas ideias do que pode estar acontecendo. E as duas ocorrem quando estão sendo mostrados os créditos iniciais e ambas remetendo ao apocalipse.

Nesse momento do filme, é tocada a música “The Man Comes Around” de Johnny Cash. A música, que é uma das últimas compostas e gravadas por Cash, tem citações bíblicas, principalmente do livro do Apocalipse e o Homem que estaria por vir, seria uma referência a segunda volta de Cristo. Nesse momento do filme também é possível ouvir uma pregação de um pastor com dizendo que quando não houver mais espaço no inferno, os mortos voltarão à Terra!

Mas também existe a possibilidade de não ser nenhum desses dois motivos e isso seja só fruto da minha imaginação. O filme é frenético e logo no inicio a infestação ocorre e o filme não desacelera. Estranho imaginar que logo depois desse filme, o diretor Zack Snyder começou encher seus filmes de intermináveis cenas em câmera lenta, fazendo com que seus filmes sejam um pé no saco.

Ainda bem que “Madrugada dos Mortos” não foi infectado por esse vício chato do diretor.

Disponível em: Shock Vídeo Café, Amazon Prime, TeleCine e acervo próprio.

Zumbi é global, tem em qualquer lugar do mundo, e nada melhor que um filme cubano para críticas sobre globalização.

“Juan dos Mortos” é uma comédia da ilha caribenha não poupa esforços em criticar o embargo econômico encabeçado pelos EUA, mas também não deixa de mostrar a situação da ideologia política em que seu país vive. E Juan, com a ajuda de seu amigo Lázaro, aproveita da infestação de zumbis na ilha para ganhar uns trocos oferecendo serviços de extermínio dos mortos vivos com o slogan “Matamos seus entes Queridos”.

O filme é uma produção independente e não teve ajuda financeira do governo cubano, sendo preciso ajuda espanhola para esse filme.

Mas não esperem uma superprodução. É um filme pequeno, com efeitos especiais simples, mas bem engraçado.

Disponível em: Reserva Imovision e acervo próprio.

Falando em Espanha, é de lá que vem o melhor filme de zumbi que já vi.

E como em outras obras já citadas, nada é revelado no começo, mas tudo é explicado durante o filme. “REC” é um ótimo exemplo de produções no estilo “found footage”, que são filmes com câmeras amadoras com suas filmagens encontradas posteriormente.

A trama é simples, uma equipe de televisão irá passar a noite em um batalhão do Corpo de Bombeiros de Barcelona e acompanhar os procedimentos e ocorrências que poderão vir ocorrer.

E ocorre…e aparentemente um chamado simples num prédio no centro da cidade faz com que o terror aconteça.

Acompanhamos todo o filme através das lentes da câmera do cinegrafista e fica clara aí a crítica ao sensacionalismo dos programas de TV, já que em nenhum momento a câmera é desligada principalmente pela insistência da repórter.

O filme tem uma refilmagem americana chamada “Quarentena”, mas fiquem longe desse filme.

Disponível em: Shock Vídeo Café e MUBI.

Continuando o tour mundial por filmes de zumbi, chegamos até a Inglaterra.

“Extermínio” é dirigido pelo polivalente Danny Boyle, que tem em seu currículo, ficção, drama, ação, comédia, suspense e a abertura das Olimpíadas de 2012 em Londres. Inclusive Danny tem seu Oscar com o bacana “Quem Quer Ser um Milionário?”.

O início do filme é bem parecido com o início da série “The Walking Dead”, onde nosso herói está sozinho em um hospital e quando acorda percebe que o bicho tá pegando lá fora.

Críticas sociais? Temos também!

A infestação ocorre depois de uma invasão a um laboratório onde macacos estão infectados com um vírus da raiva e a primeira cena do filme é um macaco sendo exposto a cenas de seres humanos raivosos matando outras pessoas numa clara homenagem ao memorável “Laranja Mecânica”.

Em outra cena, um militar comenta que após a infestação de zumbis, está vendo humanos matando humanos, mas isso ele também já via isso antes do momento em que estão vivendo.

Ou seja, raiva por raiva, violência por violência e morte por morte, isso já era rotineiro no mundo em que vivíamos.

Disponível em: Shock Vídeo Café.

Uma coisa que podemos concluir nesses filmes, é que nem sempre o principal vilão ou inimigo são os zumbis, já que, quando expostos há algumas situações, a ganância e a violência humana se aflora.

Espero que gostem dessa lista.

Boa sessão e até a próxima.

Acesse mais textos no Cine Denadai: Clique aqui

Compartilhe:

Picture of André Denadai

André Denadai

André é jauense, xvano, palmeirense e apaixonado por cinema e ele escreve periodicamente para o Jauclick.

Agenda Jauclick

publicidade

Seu site merece estar no topo!

Desenvolvemos sites com tecnologia preparada para integrar com as melhores ferramentas.

PUBLICIDADE - SOCIAL

Fortaleça a mensagem da prevenção!

Conheça as campanhas de prevenção trabalhadas no Hospital Amaral Carvalho e acesse e compartilhe os materiais para ajudar a levar a informação para mais pessoas.

Mais Blogs do Jauclick

javel12

Blog do Moraes • Pro dia Nascer Feliz na Javel - 22/05/98

Memórias da divulgação dos anos 90! O negócio era RUA! Pro dia Nascer Feliz na Javel... (leia mais)
5-esportes-em-6-filmes

5 esportes em 6 filmes

Explorando o Mundo dos Esportes no Cinema: Uma lista de filmes que vão além das Quadras, Pistas e Campos... (leia mais)
Muito mais que um Vingador

Jeremy Renner – Muito mais que um Vingador

Ator Jeremy Renner acabou sendo notícia devido um acidente enquanto tirava neve do entorno de sua casa, mas seus papeis... (leia mais)